Mude sua vida com Hipnose, Regressão e Programação Neurolinguística
SAIBA MAIS SOBRE O TRATAMENTO
MARQUE AQUI SUA CONSULTA
CONQUISTE SUA FELICIDADE
A vida é uma sucessão de alegrias - ou um sofrimento atrás do outro? Por que existem pessoas para as quais tudo dá certo e outras que sentem que tudo o que fazem está fadado ao fracasso? A programação neurolinguística mostra que são as crenças que provocam estes comportamentos.
Assista a alguns vídeos explicativos
sobre a Terapia Neuroemocional
(Tratamento com Hipnose, Regressão e PNL), criada pelo Dr. Antônio de Albuquerque.
Clique aqui para ver outros Vídeos e Matérias 
- Você vivencia situações que deseja modificar, ou vive situações que trazem sofrimento, mas nas quais parece estar viciado, pois após diversas tentativas simplesmente não consegue mudar?
- Você se sente ansioso, angustiado e tem medo de determinadas coisas?
- Você se sente triste e desanimado com sua vida, e ainda culpado por se sentir assim?
- Você deseja intensamente viver um relacionamento feliz, mas parece não estar destinado a isso?
- Você se percebe muito gordo e tem baixa auto-estima, mas não consegue tomar nenhuma atitude?
- Você é inseguro e evita situações em que precise se expor, como o medo de falar em público ou de não ter amigos?
- Você não consegue parar de fumar, ou tem algum outro vício?
- Você deseja mudar de emprego ou passar em concursos, mas na hora da entrevista ou da prova dá um branco?

Estas e outras questões são trazidas diariamente a nossa clínica. Muitas pessoas afirmam que são fracas, que têm algo errado com elas, ou que têm pouca força de vontade... Mas não é verdade! 
O sofrimento, assim como a felicidade, é um vício bioquímico do corpo, segundo as mais recentes descobertas da Neurociência. Desta forma, utilizamos a Hipnose, a Regressão e a Programação Neurolinguística (PNL) para transformar os estados emocionais.
MOTIVOS PARA
A TERAPIA
PERMITA-SE 
SER FELIZ
TERAPIA E NEUROCIÊNCIA
Diversos são os conceitos da Neurociência que fundamentam a Terapia Neuroemocional, porém os mais relevantes são:

1) A bioquímica das emoções (neuropeptídeos).
2) A neuroplasticidade.
3) A formação das memórias.
O primeiro conceito é o da bioquímica das emoções. O diferencial desta forma de terapia baseia-se no fato de ter como alicerce as descobertas da neurociência com relação ao funcionamento neuroquímico ou bioquímico do cérebro e das células do corpo, através dos neuropeptídeos e seus receptores. Desta forma, se o direcionamento da terapia for feito no sentido de uma nova química cerebral iniciar seu funcionamento dentro do modo natural do cérebro agir, as transformações são alcançadas. Essas mudanças passam a ser definitivas, integrando assim a parte inconsciente do paciente.

O segundo conceito é o da neuroplasticidade. Essa neuroplasticidade, além da área médica, pode ser também considerada no que diz respeito à saúde mental: se existir uma possibilidade do cérebro fazer, de uma forma aperfeiçoada, alguma coisa que ele já vem fazendo de forma mais empobrecida, ele vai buscar a melhoria. Basta que surja um direcionamento correto e eficaz, através do trabalho psicoterapêutico.

O terceiro conceito é a formação das memórias. Cada pensamento, cada idéia e cada lembrança é uma atividade derivada de uma reação bioquímica em um grupo de neurônios. Todas as vezes em que uma mudança for gerada levando em conta essas reações químicas, utilizando os conceitos sobre a forma como essa bioquímica se processa e seus mecanismos naturais, uma memória estará sendo modificada. Assim, modificando uma memória, muda-se também uma crença inconsciente que vai atuar no paciente, transformando seu pensamento, sua ação ou sua reação.
​​

Clínica Dr. Antônio de Albuquerque
Milhares de vidas transformadas positivamente

Marque aqui sua consulta